VIVENDO EM PEQUENOS ESPAÇOS

Nos dias que correm, a vida das pessoas em geral ficou mais corrida e complicada, o tempo tornou-se ainda mais escasso, o dinheiro ainda mais curto e a competência de adaptação dos indivíduos é constantemente posta à prova, de diversas maneiras, nas mais variadas situações.

Esse tipo de velocidade atingiu todos os aspectos da vida urbana. Naturalmente, a questão da ocupação dos espaços por moradias também foi afetada. As cidades cresceram muito e, na maioria dos casos, desordenadamente, sem nenhum planejamento, com conseqüências negativas para a maior parte das pessoas (trânsito, poluição e violência são apenas algumas delas).

A escassez de espaços obrigou à verticalização das habitações e, logicamente, à diminuição dos espaços internos. É comum encontrarmos apartamentos classificados como de três dormitórios com apenas 90m2 de área total (não esquecer que isso pode incluir a garagem).

Uma das boas idéias para apartamentos de um dormitório é a dos residenciais tipo flat service ou a do pequeno apatamento com serviços opcionais para pessoa que moram sozinhas, para executivos ou mesmo para recém-casados.

Nestes novos espaços, os serviços oferecidos pelo condomínio são muito atraentes: piscina, sauna, café da manhã, lavanderia, sala de ginástica, etc.

É possível encontrar plantas muito interessantes e funcionais, da sala e dormitório aos famosos dúplex, as quais possibilitam muitas opções para decoração com distribuições versáteis e resultados eficazes.

Já fiz intervenções de decoração em diversos espaços como esses e pude ser recompensada com a extrema satisfação dos meus clientes.

Gostaria de passar algumas dicas-chave para quem pensa em morar num apartamento desse tipo (ou reformar aquele em que já mora):

1. Integre a cozinha, permita que mobiliário desta seja harmonioso com o da sala. Os ambientes podem ser sutilmente separados pela mesa de jantar.

2. Instale armários para que você possa guardar seus utensílios com folga.

3. Prefira móveis pequenos e discretos e procure deixar espaços livres para circulação. Somente use cor em peças-chave.

4. O dormitório e o banheiro devem ser independentes e, se possível, dotados de portas para criar maior privacidade.

5. Unifique os ambientes, prefira um tipo só de piso e não compartimente os espaços da sala ou do quarto, para que a sensação de equilibrio ressalte.

Até a próxima semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *